Será que tens o que é preciso para se tornar um mestre em automação? Pois bem, vamos descobrir isso nesse artigo. O primeiro equívoco que gostaria de corrigir é:

Não é necessário ser programador para entender, desenhar ou implementar uma campanha de automação. Digo isso por experiência própria. Para quem não sabe, sou formado em Comunicação Social, mais especificamente em Cinema, pela PUC-Rio.

Gosto de dizer isso para que se quebre a primeira objeção, que é: “não consigo entender a lógica porque não sou programador como você”, o que já ouvi muito e retruco com “mas eu não sei programar uma linha sequer” – Erik, nosso programador, que o diga, coitado.

Então acredito que a skill mais importante para desenvolver esse tipo de trabalho seja a compreensão da lógica: entender que ações devem ocorrer para que outras aconteçam. É um movimento interligado onde, após o pontapé inicial, todas as próximas ações devem estar conectadas, sejam elas quais forem.

A preocupação com o sistema existe (claro!), mas para isso temos os Planos de Suporte, para te ajudar a conectar os pontos e fazer acontecer todo o necessário para que tudo funcione perfeitamente. O mais importante para se tornar fera em automação é ter claro em sua mente qual a estratégia que você deseja implementar, pois a estrutura sempre vai atender a ela.

Bom, o que quero dizer com isso tudo é que a visão do seu negócio é muito mais importante do que o entendimento da ferramenta, pois a Babel-Team está aqui justamente para te ajudar a alcançar seus objetivos.

Pensando somente no trabalho do especialista, que irá gerenciar ou implementar as automações, uma das mais importantes qualidades é a atenção aos detalhes.

Pode parecer bobo ou óbvio, mas vou dar um exemplo: criação de uma padronização da nomenclatura. Se quero criar uma lista de contatos dentro da minha plataforma, como devo chama-la?

Pense que o nome deve trazer todo o entendimento do que é aquela lista, afinal ainda haverão páginas, links, tags, sequências, produtos e diversos itens interligados. Todos estes devem seguir o padrão para que ao bater o olho no nome você saiba exatamente do que se trata.

Por quê? Simples, facilitar seu trabalho e ganhar tempo – exatamente os preceitos da automação.

Essa skill também será de muita ajuda na hora das configurações mais detalhadas dentro da ferramenta. Afinal, é sempre necessário testar todas as funções antes de colocar qualquer coisa no ar. Conseguir documentar tudo isso é primordial para facilitar o processo de edição ou otimização das automações.

Outra skill necessária é a experiência. Exatamente: tempo de estrada com diversos negócios é algo que você só irá ter depois de algum tempo prestando esse tipo de serviço, mas com certeza esse banco de horas faz toda diferença.

Cada negócio é diferente, mas guardam similaridades entre si. Exemplo, um pet shop e um consultório odontológico precisam de clientes pagantes e recorrentes. Estratégias de sucesso podem ser compartilhadas e essa com certeza é uma cartada que foi fundamental para nosso crescimento aqui na Babel-Team.

Mais uma skill necessária, mas infelizmente em falta no mercado: o comprometimento com o sucesso do cliente.

Pense sempre no cliente. O seu sucesso, é o meu sucesso.

Essa frase foi o norte do departamento de atendimento e suporte da Babel-Team desde a sua concepção e por isso conseguimos atender com excelência um número tão grande de clientes com tantas diferenças entre si.

Buscar entender as reais necessidades te fará ter mais cuidado no atendimento e perceber que muitas vezes ele não está dizendo exatamente o que precisa, e sim o que ele acha que precisa. Isto é essencial para ter um diálogo aberto que realmente resulte em bons frutos.

Quer um exemplo: nossos planos de suporte adaptados à realidade de cada cliente, para que seja possível atingir o nível máximo de aproveitamento de suas ferramentas de automação.

Não hesite em entrar em contato para tirar qualquer dúvida e conte sempre com nossa equipe!

O Autor:
Fábio Hansen – Arquiteto-Chefe de Automação

Formado em cinema pela PUC-RJ, logo mudou o rumo de sua carreira ao iniciar o trabalho na Babel-Team como assistente do Jorge Aldrovandi. A partir de 2011, iniciou sua trajetória na Automação de Marketing & Vendas, certificando-se como Consultor Infusionsoft.

Quero acompanhar as novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *