Todo ano que se inicia traz com ele as famosas “resoluções de Ano Novo”: iniciar uma atividade física, alimentar-se melhor, fazer uma pós-graduação, aprender um novo hobby, se estressar menos… e por aí vai!

Criamos para nós mesmos metas e objetivos que, embora nem todos sejam cumpridos, levamos conosco como uma fonte motivacional para, a cada ano, podermos ser uma versão melhorada.

Agora vamos levar esse mesmo cenário para a vida profissional, na qual nossa resolução de ano novo será algo muito similar a:

maior lucratividade

crescer faturamento

bombar de vender!!

Seria ótimo se fosse fácil, não é? Mas, assim como as metas que traçamos para nós de forma pessoal, os objetivos profissionais precisam ser (ou pelo menos parecer) desafiadores para nos tirar de nossa zona de conforto e estimular a criatividade dentro de nós mesmos, expandindo isso para toda a empresa e colaboradores externos.

Um grande desafio que todo início de ano deve gerar é um novo olhar sobre algo que já exista. Um questionamento que leve você a refletir sobre algo seu que possa ser melhorado pelo simples fato de ter uma nova perspectiva de olhar.

Exemplo: vamos supor que você já tenha um produto/serviço pronto, que vende bem. Ele pode ser melhorado? Poderia ter algum toque a mais que o torne especial? Ele é especial? Reflita sobre os seguintes pontos em relação a esse produto:

  • Qual é a proposta de valor desse seu produto/serviço?
  • Quais são os problemas que ele é capaz de solucionar?
  • Para àqueles que consumirem sua oferta, qual (is) ganho (s) eles terão?

Mais uma vez, pode parecer fácil responder essas perguntas, mas não é. Indo realmente a fundo nas respostas, todas as três são cruciais para você definir quais as ações que deverão ser tomadas para que você possa se aproximar da sua meta do ano (se ela for querer mais sucesso, crescimento e/ou mais vendas!)

Essas perguntas também te ajudam a conhecer melhor seu produto, pensar em novas soluções – caso o produto analisado não seja o aliviador de uma dor de um cliente específico -, ampliar seu público alvo e, consequentemente, aumentar seu faturamento.

DICA:: Você deve se perguntar isso para todos os produtos e serviços que possuir. Se tiver uma equipe, pergunte a eles também, para ver se a visão do produto está alinhada dentro da empresa. Se seus consumidores internos não souberem qual a Proposta de Valor e que dores o produto soluciona, muito provavelmente os seus clientes finais também não saberão.

ATENÇÃO!
Usar essas questões como “guide line” não pode ficar só para você! Sua equipe de vendas precisa entender e perceber essas perguntas e suas respostas para que a compreensão das mesmas seja intrínseca no time, fazendo com que os argumentos durante todo o processo de venda sejam muito mais poderosos.

Esse raciocínio nos leva a algo crucial de todo negócio do século XXI: A importância de se manter próximo ao seu público-alvo, seu futuro cliente. Disponibilizar o máximo de informações possível e se colocar à disposição com diversos canais de acesso pelos quais todas as dúvidas possam ser sanadas é fundamental em qualquer negócio próspero.

Se pergunte:

– Você fala com seu público de forma constante com informações relevantes?

Isso não apenas facilita a vida do seu público-alvo, mas também a sua, otimizando o tempo e ações da sua equipe de vendas.

O ano novo já começou e, muitos profissionais já estabeleceram suas metas para crescer MUITO.

Qual a sua? Não perca tempo, arregace as mangas, foque na sua proposta de valor e comente conosco qual foi a sua resolução de Metas e Objetivos para o novo ano!

PS: FELIZ ANO NOVO!

 

 

 

 

Quero acompanhar as novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *